Cuiabá, MT - - 21 de Agosto de 2019

CPI vai investigar contabilidade do MT Prev
02/04/2019 /
  

Instalada no dia 27 de março, a CPI do MT Prev vai analisar a contabilidade da Previdência Social do Estado de Mato Grosso (MT Prev). O objetivo é identificar onde e quando houve falha na administração dos recursos destinados à previdência dos servidores.

Os parlamentares que compõe a comissão pretendem apresentar um relatório claro e coeso ao Governo do Estado, buscando esclarecer quais os fatos ilícitos aplicados, pois há indícios de mais de 20 anos de má gestão.


“Se o Estado diz que houve desvio de forma criminosa, que aponte quem são os responsáveis e que sejam punidos. Não é função da CPI punir essas pessoas, mas trazer o relatório que vai ajudar as autoridades públicas, a fim de tomar providências e restituir o que foi tirado da população”, pontuou o deputado estadual João Batista.


Para o vice-presidente da CPI, Paulo Araújo, é importante a iniciativa em busca de informações que ajudem a desvendar os problemas no MT Prev. “Por ser funcionário público da Secretaria de Estado de Saúde, destaco a necessidade urgente de saber sobre dados da previdência”, disse.


Thiago Silva, relator da comissão, disse que irá atuar para proteger os direitos dos servidores públicos de Mato Grosso. “Queremos trabalhar com proposições que melhorem a vida dos servidores públicos e não o contrário, garantindo assim uma aposentadoria segura e sem surpresas”.


De acordo com o Regimento Interno, até o final dos trabalhos, que podem passar por 8 fases oitivas, a CPI apresentará relatório, com conclusão por meio de projeto de resolução. Depois do projeto aprovado, caberá à Mesa Diretora tomar as providências cabíveis e encaminhar cópia do relatório aos órgãos competentes.

 

 
Autor: ALMT
 

Untitled Document
STF determina que peritos não podem ter livre porte de arma
Data: 24/06/2019
| Ver todos os videos |
Nosso Facebook